Blog

Atendimento Odontolgico

3 Simples Coisas Que Fazem Seus Pacientes Te Amarem

Curta e Compartilhe!


Você já parou para refletir sobre o que seus pacientes pensam de você? Será que eles te recomendariam a outras pessoas? O que se pode fazer(de forma sincera) para que esses pacientes adorem seus dentistas?

Em dias atuais não basta atender com eficiência e rapidez, isso se tornou o básico.

Abaixo 3 dicas que são super relevantes no trato com pacientes, ou seja, seus clientes.

1 – Relacionamento

Imaginemos a seguinte cena, o paciente está na sala de espera e é avisado pela secretária que é a sua vez de ser atendido.

O paciente entra no consultório e se senta. O dentista já sabendo de todos procedimentos a serem feitos naquele paciente, inicia o seu atendimento através de comandos, por exemplo: Pode abrir a boca; agora morde; Pronto, agora cuspa aqui.

Após realizar o atendimento, o dentista diz apenas: “Prontinho, pode falar com a secretária e agendar seu retorno”.

O que percebemos é que esse dentista não criou um relacionamento com seu paciente, não criou vínculo.

E o que se pode fazer para criar bons relacionamentos?

Se importe com os assuntos de interesse do outro. Pergunte como foi ou o que ele pretende fazer no final de semana, pergunte como vai o trabalho, ou sobre alguma outra coisa que surgir no momento.

Quando você desenvolve o hábito da “escutatória”, os seus clientes vão pensar que realmente você se interessa por eles.

Mas não seja falso, mecânico, frio. Tenha carisma ao conversar, sorria, olhe nos olhos e tenha sempre o bom humor.

Você pode até pensar que isso lhe tomará muito tempo, mas basta você planejar esse momento. Agende no seu sistema sempre uns minutinhos a mais, pensando nessa conversa que pode surgir após o atendimento.

Colete também o email de seus pacientes e mande uma mensagem em algumas datas marcantes(Ano novo, Natal, Dia da mulher...) ou crie listas no Whatsapp e envie mensagens personalizadas. Só não exagere.

Isso fará toda a diferença.

Por favor, só não faça como no vídeo abaixo, hein!

2 – Seja o mais transparente e honesto possível

Em minha última visita ao dentista encontrei uma amiga que há tempos não via. E como não poderia deixar de ser, logo nossa conversa se encaminhou para o assunto tratamento dentário.

Há 4 anos ela usa aparelho ortodôntico, não retirou os sisos e seus dentes estão longe de se corrigirem. Ela então decidiu conversar com outros profissionais e que logo disseram que tinha algo errado.

Em resumo, ela deixou o seu dentista, ficou angustiada e teve o sentimento de que foi “enrolada” por 4 anos.

Ela então procurou o profissional que me atende, que a orientou a extrair os sisos e esclareceu que se ela quer alcançar o resultado desejado, precisará também extrair os pré-molares e que teria ainda de permanecer com o aparelho por mais 2 ou 3 anos.

Minha amiga ficou receosa com o diagnóstico, mas fato é que o dentista nesse caso foi transparente e sem falsas promessas.

3 – Não deixe seu paciente esperando por muito tempo

Cada vez mais as pessoas tem vivido suas vidas de forma acelerada, cheias de tarefas a serem feitas em suas rotinas do dia a dia.

Sendo assim, qualquer coisa que consomem o tempo delas, as impedindo de realizarem os seus compromissos, pode gerar estresse e desgastar o relacionamento entre paciente e dentista.

O que você pode fazer para resolver isso ou até mesmo não acontecer?

Tenha uma gestão eficiente, use um sistema para fazer o controle de informação de cada paciente, que consiga verificar seu financeiro de forma rápida e um com controle de agendamento desses pacientes, para que não percam muito tempo na sala de espera ou verificando suas informações em pastas.

Deixar um cliente extremamente satisfeito com o serviço prestado é certeza de retorno de novos clientes apenas porque estes satisfeitos indicaram.

Não possui um software odontológico ainda?

Nós podemos te ajudar! Clique aqui e Conheça nosso sistema Admin Odonto.

 

 

Gostou desse conteúdo? Curta, compartilhe ou deixe o seu comentário.


Gostou? Compartilhe!